PT + 351 275 471 329 | PT + 351 912 709 457 info@kazasdoserado.com

Aldeias Históricas

Venha descobrir a Natureza, Cultura e História de Portugal
logo-aldeias-historicas-portugal

Aldeias Históricas de Portugal

Fundadas numa região repleta de valores naturais, a Beira portuguesa, as Aldeias Históricas gozam da proximidade da Serra da Marofa, do Parque Nacional da Serra da Estrela, da Gardunha e da Reserva Natural da Malcata. Com um enquadramento assim, ninguém resiste a explorar os inúmeros percursos entre aldeias, aproveitando para um passeio a pé, de bicicleta ou de automóvel.

A Kazas do SeRado está numa localização privilegiada, pois a partir deste ponto central pode descobrir e visitar estas nossas Aldeias Históricas, sendo as mais próximas: Castelo Novo a 40 km (saída pela N18-3 até à A23 e depois saída 27 da A23), Sortelha a 16 km (via a N18-3), Belmonte a 9 km (saída pela N18-3 e virar á direita depois da ponte, para a N345), Monsanto a 52km (em direcção a Penamacor pela N345 e N346 ou N233) e se visitar Monsanto não deixe de visitar Idanha a Velha (53Km).

icon-site1http://www.aldeiashistoricasdeportugal.com/ahp.htm

Vila de Caria

“A Freguesia de Caria fica situada no extremo sul do Concelho de Belmonte e dista 8 quilómetros da Vila de Belmonte, tendo limites com os Concelhos da Covilhã, Sabugal e Fundão. Compreende a Vila de Caria e as povoações de Malpique e Monte do Bispo.

Caria é uma povoação muito antiga, tendo-lhe sido atribuído foral por D. Manuel I em 15 de Dezembro de 1512, sendo portanto nesse tempo um Concelho autónomo.

Caria, que em 1644 finalmente se liberta do jugo covilhanense, na parte cível, pois no crime continua a pertencer-lhe, ainda resistiu à primeira reforma administrativa liberal de 1833 que reduziu os concelhos de 796 para 351 e foi sede de concelho até 31/12/1855, data em que os municípios ficam reduzidos a 254 e passou a integrar o de Belmonte. Como o concelho de Belmonte foi extinto em 7/08/1895, Caria passou a pertencer ao concelho da Covilhã até 13/01/1898, altura em que voltou a ser restaurado o concelho de Belmonte.

Caria foi elevada à categoria de Vila a 19 de Dezembro de 1924.”

(Borges, António Albuquerque in Monografia de Caria)

icon-site1

 

Belmonte

Terra de Judeus e berço dos Cabrais, Belmonte integrava a linha defensiva que, antes da assinatura do Tratado de Alcanizes em 1297, protegia o Alto Côa.

Em Belmonte, não deixe de visitar: O castelo, com a sua janela manuelina, verdadeira jóia granítica, de onde poderá contemplar a Serra da Estrela; o Museu dos Descobrimentos; o Museu Judaico; o Ecomuseu do Zêzere; O Museu do Azeite; a vila romana da Fórnea; a judiaria de Belmonte, com a sua sinagoga e o cemitério judaico e a Igreja de Santiago e o Panteão dos Cabrais

icon-site1

 

 

Sortelha

Situada no alto de um monte elevado, a mais de 760 metros de altitude, numa região muito acidentada, de cariz granítico, Sortelha é uma povoação ornada com penedos e barrocos, onde as casas encostam e assentam. Esta disposição das casas, expostas ao sol, explica o cognome de “lagartixos” dado aos seus habitantes. É uma aldeia em granito, com ruas e vielas tipicamente medievais, fechadas por um círculo de muralhas, vigiado por um sobranceiro castelo do século XIII. Sortelha continua a ser certamente uma das mais belas e antigas povoações do nosso País, cujo traçado pouco se alterou nos últimos 500 anos.

icon-site1

 

 

Locais de Interesse: Pelourinho manuelino; Casa da Câmara, edifício do século XV; Chafariz Dom João V; Igreja Matriz; Torre de menagem do antigo castelo, transformada em torre sineira; Igreja da Misericórdia (século XVII); Casa dos Viscondes de Trancoso; Casa Correia Sampaio; Quinta do Ouriço.

Castelo Novo

Situada na encosta oriental da serra da Gardunha, a cerca de 650 metros de altitude, esta aldeia histórica destaca-se pelo seu harmonioso traçado concêntrico e pelo bom estado da estrutura urbana. As ruas, traçadas segundo as curvas de nível, revelam antigos solares, paredes-meias com casas populares em pedra, pequenas varandas de madeira e restos de calçada romana.
Entre os locais de visita obrigatória estão a Casa da Câmara, Cadeia e Pelourinho, o Chafariz da Bica, a Igreja da Misericórdia e o castelo. À saída da aldeia, numa pequena elevação, fica o Cabeço da Forca, zona de execução de condenados, significativamente marcada por duas caveiras esculpidas na rocha. É junto a esta aldeia que se situam as nascentes das águas do Alardo.
A lagariça, construção escavada na rocha em forma de concha com planta circular, foi durante séculos utilizada para o fabrico do “vinho de todos”, único exemplo dos trabalhos colectivos das antigas comunidades rurais.

icon-site1

Monsanto

Escolhida em 1938 como “aldeia mais portuguesa de Portugal”. Merece o título: empoleirada numa encosta granítica, as casas surgem apertadas entre enormes penedos, com minúsculos quintais e hortas separados por muros de pedra e ladeiras talhadas na rocha viva e que se fundem com ela. O castelo começou por ser um castro lusitano, depois restaurado pelos romanos, e sofreu uma longa história de combates e cercos. Tudo na aldeia foi cuidadosamente preservado, e na pousada local o visitante pode apreciar pratos da região, como sopa de favas e coentros e arroz de coelho.

icon-site1

 

 

Idanha a Velha

Idanha-a-Velha, é uma pequena vila que parece adormecida entre os oliveirais mas cujo passado histórico teve uma importância testemunhada pela catedral e pelas inúmeras ruínas, transformando-a num museu ao vivo.

icon-site1

MAPA DE LOCALIZAÇÃO DAS ALDEIAS HISTÓRICAS

Distância entre Belmonte e as Aldeias Históricas

BELMONTE
SORTELHA 19 km’s
CASTELO NOVO 41 km’s
LINHARES DA BEIRA 46 km’s
CASTELO MENDO 57 km’s
TRANCOSO 63 km’s
ALMEIDA 67 km’s
CASTELO RODRIGO 80 km’s
IDANHA-A-VELHA 80 km’s
MARIALVA 81 km’s
MONSANTO 81 km’s
PIÓDÃO 87 km’s